O artista, a obra e sua urbis!

O artista #homemplural Tito Senna está com seu trabalho lindamente exposto na Morar Mais por menos no Rio, demonstrando como sua arte ultrapassa os limites da parede. Seu trabalho consiste na tríade entre o artista, obra e a urbis: reflexo da experiência multidisciplinar com arte, graffiti e design. Tito é o criador do grupo Apocalipse Graffiti e atua há mais de 15 anos nas ruas do Rio de Janeiro.

Seu trabalho é reflexo da experiência multidisciplinar com arte, graffiti e design.

Seu trabalho é reflexo da experiência multidisciplinar com arte, graffiti e design.

Ele e seu irmão artista plástico Téo Senna acabaram de retornar de uma residência artística na cidade medieval de Vaison la Romaine, Provença francesa, em que passaram 45 dias respirando arte realizaram duas exposições chamadas Deuxième Acte.

Artista plural!

Dos seus trabalhos emblemáticos, podemos destacar o muro do consulado da França, com o trabalho “Gigante do Rio” o qual como proponente foi contemplado com o prêmio da Funarte FUNARTE de Estímulo as Artes Visuais do Ministério da Cultura. Isso sem mencionar o painel permanente no espaço GALERIO da secretaria municipal de cultura do Rio, no qual fez uma instalação com fitas adesivas (tape art) com aproximadamente 10 metros.

rr2

Cores e estilo, demonstrando toda sua expertise!

Tito acabou de realizar a pintura da fachada da sede do instituto PUC Genesis, no qual em novembro fará o segundo painel neste mesmo prédio. Ele foi convidado para contribuir com sua expertise na ambiente das arquitetas Mericia Caldas e May Lee Chaves. De onde foi proposto romper a pintura comumente na parede e tomou-se partido das formas da mesa e painel de Tv.

Design, arte, rua, spray, fita e objetos fazem com que Tito seja um artista #homemplural repleto de fluidez e livre trânsito, o que permite uma liberdade criativa e eminência de algo que foge dos padrões em suas soluções!

Posts relacionados

Poste um novo comentário