Madame, fruto de um amor improvável!

Há sete meses nascia Madame, filha de Spot, o nosso cão que está na foto ao lado junto de mim e de Bambina, uma cachorra preta, esperta, que nos escolheu para adotá-la.

Eu e Spot, companheiro fiel!

Eu e Spot, companheiro fiel!

Essa história começou quando compramos a fazenda La Santa Cruz, uma fazenda em Minas Gerais que estava abandonada e necessitava dedicação. François e eu nos apaixonamos pela propriedade e decidimos fazer desse pedaço de paraíso o nosso lugar.

Na primeira semana de obras surge do nada nossa querida Bambina. Estamos numa região rural, entre pastos e plantações, com algumas fazendas vizinhas, mas mesmo assim, posso dizer que estamos no meio do nada.

Bambina, como começamos a chamá-la por razão de suas longas pernas, que parecia com o Bambi, chegou toda simpática com aproximadamente 5 meses e fez amizade com os peões. Naturalmente começamos a cuidar dela, mas Spot, Mr. Territorialista, não gostou e começou a atacá-la, até um dia que a mordeu na minha frente. Com medo de que acontecesse algo mais trágico, a deixamos aos cuidados de seus amigos peões que estavam trabalhando na reconstrução da casa do caseiro, que fica a 3 km da sede principal.

3 meses se passaram e a vida na fazenda começou. Os caseiros se mudaram para a nova casa, nós continuávamos com obras na sede e eu comecei a ocupar meu atelier. Perguntei por Bambina à minha caseira que me informou que um dos peões a levou com ele. Fiquei feliz por saber que ela teria encontrado um lar finalmente.

Quando estou na fazenda tenho uma rotina. Vou para o atelier depois do café da manhã, volto pra casa para almoçar, novamente vou para o atelier e paro de trabalhar quando o sol se despede. Numa dessas manhãs, vou para o atelier com os cachorros me seguindo. Nesse momento eram 4, Spot, Jolie, Choko e Sexy. Quando abro a porta, os 4 estão completamente agitados e para minha surpresa encontro Bambina, escondida atrás de um móvel. Completamente assustada, magra, desnutrida, mas com aquele olhar doce, ela me emocionou.

Spot, o terrível, estava desesperado com o reencontro e novamente a ameaça de uma estranha invadir sua área o perturbava. Nesse momento, percebi que o lugar dela era ali e que ela por algum motivo havia voltado. Senti que ela sabia que podia contar comigo. Voltei rápido em casa, busquei comida e improvisei uma cama para ela. A deixei num quarto com saída para o jardim e a protegi dos demais. Por 4 dias ela se escondia e só eu podia me aproximar. No fim do quarto dia, estávamos em casa, na sede e ela aparece, enfrentando toda a fúria dos futuros irmãos que não a aceitaram de imediato.

Do amor improvável nasce Madame

Spot cuidando de Madame e irmãos

Spot cuidando de Madame e irmãos. Papai do ano!

Os dias se passaram, voltamos para o rio, ela ficou lá e nunca mais saiu. Na semana seguinte, voltei somente com spot e os deixei sozinhos. Se estranharam, quase brigaram, mas passadas algumas horas ela estava fazendo ele de bobo e daí em diante surgiu uma love story. E desse amor que desabrochou de uma briga (existem muitos casos assim.. rsrsrs) nasceram Star, Moustache, Papoula, Vison, Monsieur ( que foi atacado por um cachorro selvagem e não resistiu ) e Madame, que ganhou esse nome em homenagem ao irmão.

Moustache e Star

Moustache e Star, irmãos de Madame, hoje crescidos!

Hoje temos 12 componentes na nossa família, Toutou, nossa mascote Dachshund, filha de Sexy e Choko, teve dois filhotes faz 18 dias, mas isso é para outro capítulo!

Madame, filha de Spot, o Border Collie que François encontrou abandonado numa rua do jardim botânico há 13 anos e de Bambina, reina absoluta no Rio e em Minas!

Posts relacionados

Poste um novo comentário